top of page

Transtorno da Personalidade Dependente

Transtorno de Personalidade Dependente


A característica essencial do

é uma necessidade invasiva e excessiva de ser cuidado, que leva a um comportamento submisso e aderente e ao medo da separação. Este padrão começa no início da idade adulta e está presente em uma variedade de contextos, mas, teve sua origem na infância por falta de validação, incentivo à autonomia e independência, a hiperproteção de seus cuidadores. Os comportamentos dependentes e submissos visam a obter atenção e cuidados e surgem de uma percepção de si mesmo como incapaz de funcionar adequadamente sem o auxílio de outras pessoas. Os indivíduos com Transtorno da Personalidade Dependente têm grande dificuldade em tomar decisões corriqueiras (por ex., que cor de camisa usar para ir ao trabalho ou se devem levar o guarda-chuva) sem uma quantidade excessiva de conselhos e reasseguramento da parte dos outros (Critério 1). Esses indivíduos tendem a ser passivos e a permitir que outras pessoas (frequentemente uma única pessoa) tomem iniciativas e assumam a responsabilidade pela maioria das áreas importantes de suas vidas (Critério 2). Os adultos com este transtorno tipicamente dependem de um dos pais ou do cônjuge para decidir onde devem viver, que tipo de trabalho devem ter e com que vizinhos devem fazer amizade. Os adolescentes com o transtorno podem permitir que seus pais decidam o que devem vestir, com quem devem sair, como devem passar seu tempo livre e que faculdade devem cursar, etc.


O perigo é atrair pessoas abusivas, mal intencionados, narcisistas as quais conseguirão o domínio e controle facilmente destas pessoas.


Precisa de ajuda?

Agende sua sessão online ou presencial através do WhatsApp (11) 93930-6499


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page